Fraunhofer-Gesellschaft

Publica

Hier finden Sie wissenschaftliche Publikationen aus den Fraunhofer-Instituten.

Potencial de otimização da produção de biogás gerado por uma digestão anaeróbia em etes

 
: Waelkens, B.E.; Sternad, W.

:
Kurzfassung ()

Revista AIDIS de Ingeniería y Ciencias Ambientales. Online journal 4 (2011), Nr.1, S.65-75
http://www.revistas.unam.mx/index.php/aidis/index
ISSN: 0718-378X
Spanisch
Zeitschriftenaufsatz, Elektronische Publikation
Fraunhofer IGB ()

Abstract
O biogás produzido durante a digestão anaeróbia muitas vezes é queimado em flares a fim de reduzir a emissão de gases do efeito estufa, principalmente o metano. Pouco deste biogás é aproveitado como fonte energética. O presente trabalho determinou o volume e as características de biogás produzido em um digestor anaeróbio em escala real e em escala piloto em diferentes estações de tratamento de esgoto no Brasil e na Alemanha a fim de determinar capacidade de otimização da digestão anaeróbia e a utilização deste biogás como combustível veicular. Foram obtidas produções de biogás de respectivamente de 248 e 319 L de biogás/kg de sólidos adicionados para a digestão em escala piloto do lodo das ETEs filtros biológicos e lodos ativados convencional. Em escala real foram medidas produções de respectivamente 114, 480 e 310 L de biogás/kg de sólidos adicionados para as ETEs de lodos ativados no Brasil, na Alemanha com digestor de super alta taxa e na Alemanha com digestor de alta taxa. As concentrações de CH4 e CO2 medidas no biogás foram de respectivamente cerca 65 - 70% e 30 - 35%, as concentrações de H2S no biogás estavam abaixo de 200 ppm para as ETEs em escala real na Alemanha, entre 600 e 800 ppm nos ensaios piloto e maiores do que 1000 ppm para as ETEs em escala real no Brasil. A utilização do biogás como combustível veicular pode ser economicamente viável ao se comparar o custo de seu tratamento com o preço do combustível.

 

The biogas produced during the anaerobic digestion of wastewater sludge is often burned in order to reduce the greenhouse gas emissions. Very little of this biogas is used as an energy source in Brazil. In the present paper the volumes and characteristics of biogas produced at different anaerobic digesters in pilot and real scale in Brazil and Germany were determined, in order to evaluate the possibility of improvement of the anaerobic digester efficiency and study the availability of this biogas as alternative fuel. The biogas productions at the pilot plant experiments rendered 248 and 319 L biogas/kg dried solids (anaerobic digester sludge from bio filter and activated sludge processes). The biogas productions for real scale Wastewater Treatment plants (WWT) rendered 114, 480 and 310 L biogas/kg dried solids for three different activated sludge WWT plants, respectively in Brazil, Germany and Germany. The CH4 and CO2 concentrations of the biogas were between 65 - 70% and 30 - 35%. H2S concentrations in the biogas were lower than 200 ppm for the real scale German WWT plants, between 600 and 800 for the pilot plants (Brazil) and higher than 1000 ppm for the real scale WWT plants in Brazil. The use of biogas as vehicle fuel can be economically feasible when compared to the fuel price.

: http://publica.fraunhofer.de/dokumente/N-214002.html